Oficinas literárias

“Um dos intelectuais mais polêmicos do Estado, depois de declarar, há 15 anos, que a literatura havia morrido, agora volta à arena do debate com um ensaio já nascido sob o signo da controvérsia. José Hildebrando Dacanal põe em discussão com seu livro mais recente, Oficinas Literárias: Fraude ou Negócio Sério? (Editora Soles, 80 páginas, R$ 10,50), a polêmica do papel das oficinas literárias na formação de um escritor. Dacanal defende que, como todo artista, o escritor ou já nasce com a chama do talento ou será ludibriado e iludido por anos refinando um gênio que não possui. Por vir à tona em uma época em que as oficinas se proliferam e já começam a ocupar papel relevante no debate crítico, o ensaio põe fogo nas discussões sobre o tema.”

Matéria completa aqui

ao topo