ÓRBITA

Por Carlos Gurgel

todos aqui
sabem
do que se trata

hoje
como era previsto
aconteceu um enorme silencio
que deixou
uma enorme saudade

depois
novamente
aconteceu

voce
que ai está
sem saber de nada
não tem idéia
de como foi difícil

a essa altura
já não se escuta
absolutamente nada

as pessoas
vagueiam
procurando por uma resposta
porque absolutamente
o silencio
mudou tudo

ninguém
até agora
sabe como entender tudo isso

escondidos
entre os galhos das árvores
os saguins fodem deliciosamente.

Comentários

Há 4 comentários para esta postagem
  1. Carlos Gurgel 21 de julho de 2011 5:01

    horácio da rua repleta de oliveiras e poesia.
    abç
    Cgurgel

  2. horácio oliveira 20 de julho de 2011 11:50

    bonito, gurgel.

  3. chico m guedes 17 de julho de 2011 12:33

    c.gurgel em grande forma sacudindo as folhas mortas dos galhos do domingo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo