Os evangélicos e a cidadania GLS

Caros amigos:

A atitude de evangélicos (e seguidores de outras linhas religiosas ou até gente não-religiosa) contra a cidadania para a população GLT é patética. Eles agem como se a garantia de direitos resultasse em impor práticas GLT para o resto da população! A maior parte dos cidadãos GLT que conheço tem convívio social (às vezes amizade profunda) com pessoas de outras orientações eróticas e afetivas. A insegurança daqueles inimigos da cidadania ampliada é um equívoco político talvez apoiado em dificuldades psicológicas superáveis. É muito ruim que essas dificuldades se misturem com intolerância – mirem-se no exemplo do holocausto nazista.
Abraços:

Nasci em Natal (1950). Vivo em São Paulo desde 1970. Estudei História e Artes Visuais. Escrevo sobre História (Imprensa, Artes Visuais, Cinema Literatura, Ensino). Traduzo poemas e letras de canções (do inglês e do francês). Publiquei lvros pelas editoras Brasiliense, Marco Zero, Papirus, Paz e Terra, Perspectiva, EDUFRN e EDUFRJ. Canto música popular. Nado e malho [ Ver todos os artigos ]

ao topo