Os dez melhores filmes latinos da década

Por Flávia Guerra
Estadão

Ônibus 174 – Documentário sobre o trágico ‘caso Sandro’ é o quinto melhor filme latino da década

Veja só. A Periferia também tem seu centro e seus personagens centrais. Principalmente no cinema.

O Cinema Tropical www.cinematropical.com (aqui), conceituada organização sem fins lucrativos que promove o cinema latino-americano nos Estados Unidos, escolheu na semana passada seus dez melhores filmes latino-americanos da década.

Listas são sempre controversas e polêmicas, mas é interessante observar que, em se tratando de um cinema ‘periférico’, os cineastas latino-americanos têm emplacado nas últimas décadas sucessos de público, abocanhado vários ‘centrais’ Oscar e se mantido no centro das atenções da classe cinematográfica mundial.

Se a bola ainda está rolando na África do Sul, no Cinema Tropical os hermanos argentinos foram tri-campeões. E a ‘técnica’ Lucrecia Martel emplacou três de seus belos filmes. Em primeiro, La Ciénaga (O Pântano), em oitavo, A Mulher Sem Cabeça, Em nono, A Menina Santa. Nada mal.. nada mal!

Entre os dez ‘melhores’, O cinema brasileiro entra duas vezes. Em quarto, com Cidade de Deus, e em quinto com Ônibus 174. Não por acaso, Bus 174 é um dos filmes latinos mais vistos na história dos EUA.

A seguir, a lista comple, ‘en español’:

1) La Ciénaga (2001) Lucrecia Martel Argentina
2) Amores Perros (2000) Alejandro González Iñárritu Mexico
3) Luz Silenciosa / Silent Light (2007) Carlos Reygadas Mexico
4) Cidade de Deus / City of God (2002) Fernando Meirelles Brazil
5) Ônibus 174 / Bus 174 (2002) Jose Padilha, Felipe Lacerda Brazil
6) Y Tu Mamá También

Alfonso Cuarón Mexico
7) Whisky (2004) Juan Pablo Rebella, Pablo Stoll Uruguay
La mujer sin cabeza / The Headless Woman (2008) Lucrecia Martel Argentina
9) La niña santa / The Holy Girl (2004) Lucrecia Martel Argentina
10) El laberinto del fauno / Pan’s Labyrinth (2006) Guillermo del Toro Mexico

Comentários

Há 2 comentários para esta postagem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um + 20 =

ao topo