Sobre Avatar, Guerra ao Terror e Amor sem Escalas

Desconfio que o Oscar de Melhor Filme 2010 ficará entre Avatar e Guerra ao Terror (foto). Este último foi escolhido o melhor pelas Associações de Críticos e o Producers Guild of America. O que contrabalança a escolha de Avatar pelo Globo de Ouro. Infelizmente, Guerra ao Terror ainda não passou em Natal. O outro que concorre, Preciosa, também não foi exibido, mas não recebeu nenhum prêmio que o tornaria sério candidato ao Oscar.

No sábado assisti Amor sem Escalas, que também concorre ao prêmio de Melhor Filme. Inferior a Bastardos Inglórios e Avatar, os outros dois que disputam e estão bem cotados.

Dirigido por Jason Reitman (o mesmo de Juno) Amor sem Escalas desperdiça um excelente tema, a desumanização provocada pela globalização. O filme conta a história do consultor Ryan Bingham (George Clooney ), que tem a tarefa de demitir funcionários para cortar os gastos de empresas. O cara mora praticamente num avião, de estado em estado, e seu grande objetivo na vida é chegar como passageiro a 1 milhão em milhas aéreas. Por aí você já tira que está diante de um rematado imbecil.

O filme segue até bem, clima de comédia, apesar de tratar de assunto sério, mas já perto do final descamba para a pieguice, com o consultor “descobrindo” as virtudes da bondade e do amor, e fazendo a apologia da família e do casamento. Não me convenceu a transformação de Bingham em mocinho. Pra falar a verdade, o filme todo não me convenceu.

Publicado no Omelete (aqui):

Começa a ficar desequilibrada a disputa para o Oscar 2010. As associações de críticos e o Producers Guild of America deram a Guerra ao Terror (The Hurt Locker) seus prêmios de melhor do ano. Já o Globo de Ouro escolheu Avatar como o melhor filme do ano passado e James Cameron foi eleito o melhor diretor. Agora, o importante DGA, prêmio da associação de diretores de Hollywood, revelou seu vencedor.

Kathryn Bigelow levou o DGA Awards 2010 por seu trabalho em Guerra ao Terror. Ela venceu James Cameron (Avatar), Lee Daniels (Preciosa), Jason Reitman (Amor sem Escalas) e Quentin Tarantino (Bastardos Inglórios). Esta é a primeira vez que uma mulher é premiada em 61 anos de existência do DGA.

Vale lembrar que desde 1948, apenas seis vezes o vencedor do DGA não levou também o Oscar de Melhor Diretor. A última vez que isso aconteceu foi em 2002, quando Rob Marshall – que havia levado o DGA por Chicago – perdeu o Oscar para Roman Polanski por O Pianista.

Resta saber se os dois bilhões que Avatar já rendeu mundialmente empolgarão mais os votantes da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas que os prêmios do filme de guerra de Bigelow… de qualquer maneira, com o PGA e o DGA dando a vitória a Guerra ao Terror, as chances aumentaram consideravelmente no Oscar para o filme.

Os comediantes Steve Martin e Alec Baldwin serão os anfitriões do Oscar 2010, que acontecerá no dia 7 de março. Os indicados serão anunciados amanhã, 2 de fevereiro.

ao topo