Paisagem na igreja

Mais um poema do livro Pesos & Penas, de Anchella Monte, que será lançado nesta quinta-feira (6), a partir das 19 horas, na Livraria Poty do Praia Shopping, em Ponta Negra.

Por Anchella Monte

Andava cautelosa
pelas vigas de madeira encerada
a claridade fria da manhã
percorria antes de mim
os pesados bancos e seus hinários.

A medo, antes que chegassem
homens e mulheres e orações
olhava deslumbrada a paisagem:
generosa luz sob uma aldeia
um rio derramado em meandros.

Ali entrava e erguia-me
nas árvores de frutos entre a aldeia e o rio
pés a voar no vento que surgia
como um sussurro.

A hora vinha, ia ao muro
para ver a passagem dos fiéis
e ouvir os cânticos iniciais.
Agora o louvor era triste
a água livre do rio aprisionada
no lavatório do batismo.

Morávamos no porão da igreja.
O porão e a igreja, um só abismo.

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo