Palco Giratório apresenta três espetáculos essa semana. Entradas grátis

Vencedora do Prêmio Shell de Melhor Ator, a peça O filho eterno, da Cia Atores de Laura (RJ), será a próxima a girar em solo potiguar pelo Palco Giratório. Em sua 16ª edição, o projeto – trazido pelo Sesc RN com apoio da Fecomércio/RN – apresenta o monólogo na próxima quinta-feira (25/04), às 20h, no Teatro Alberto Maranhão. No dia seguinte, viaja para Mossoró, onde pode ser visto no mesmo horário no Teatro Dix-huit Rosado. As entradas são gratuitas, sendo opcional a doação de 1 kg de alimento para o programa Mesa Brasil Sesc. FOTO: Dalton Valério

O Palco Giratório trará, de abril a outubro, oito (8) peças teatrais de várias partes do País ao Estado. Além disso, promoverá o “Pensamento Giratório”, em que grupos de teatro locais se apresentam durante a programação. Retrato do artista quando coisa, da Cia Bololô de Teatro e baseado na obra de Manoel de Barros, se apresenta quarta-feira (24/04), às 20h, na Casa das Artes (Ponta Negra). Deus Danado, da Cia Máscara de Teatro, poderá ser visto pelos mossoroenses dia 27/04, às 20h, no Teatro Dix-huit Rosado.

Até outubro, virão ainda ao Estado Pingos e Pigmentos (BA), Tombé (BA), Caetanas (PE), Divinas (PE), A Pereira da Tia Miséria (PR), Boi (GO) e Amor Confesso (RJ). A variedade de estilos dos espetáculos deste ano salta aos olhos. Teatro infantojuvenil, intervenção urbana, drama, comédia e dança contemporânea estão na lista. Toda a programação está disponível nos sites www.sescrn.com.br e www.sesc.com.br/palcogiratorio.

Sobre O filho eterno

O livro O filho eterno, de Cristovão Tezza, ganhou adaptação teatral de Bruno Lara Resende e traz emoções inesperadas na versão teatral, proposta pela Cia. Atores de Laura. O monólogo mostra a luta diária de Charles Fricks, um homem que precisa lidar com as decepções que um filho pode trazer, focando no desafio de nossas limitações, sem perder o olhar elegante. Inesperadas frases de impacto dão o tom poético desta trama, questões que normalmente não teríamos coragem de dizer em voz alta vêm à tona. A chegada do primeiro filho com síndrome de Down é apenas uma das diversas reflexões que envolvem a paternidade e são abordadas nessa história.

Sobre o Palco Giratório

O Palco Giratório chega a sua 16ª edição como uma das mais bem-sucedidas iniciativas culturais do país. Por intermédio do Palco Giratório, o Sesc promove o acesso a espetáculos de qualidade a um público amplo e diversificado e divulga o trabalho de profissionais provenientes de diversos estados brasileiros.

Além de espetáculos, são promovidas oficinas, intercâmbios, debates e pensamentos giratórios para estreitar laços entre artistas e público e entre os profissionais da área. Desde que foi criado, o projeto já realizou 732 apresentações artísticas e mais de 1.200 horas de oficinas em 133 diferentes cidades do país.

Nesta edição, o grande homenageado será Ilo Krugli e seu Teatro Ventoforte, grupo que há 40 anos vem se consolidando como expoente no teatro infantil. Outra novidade é a inédita intervenção urbana {pingos & pigmentos}, que realizará interferências no cotidiano de diversas cidades, destacando a importância de testar os limites da linguagem no espaço contemporâneo.

Serviço:
O quê? Palco Giratório 2013 – espetáculos de abril
Quando?
NATAL:
Retrato do artista quando coisa:
24/04, às 20h30, na Casa das Artes (R. S. Mateus, 430 – Ponta Negra). CENSURA 18 ANOS
O filho eterno: 25/04, às 20h, Teatro Alberto Maranhão. CENSURA 12 ANOS
MOSSORÓ:
O filho eterno: 26/04, às 20h, Teatro Dix-huit Rosado. CENSURA 12 ANOS
Deus Danado: 27/04, às 20h, Teatro Dix-huit Rosado.
ENTRADAS GRATUITAS (1 kg de alimento opcional)

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezesseis − 8 =

ao topo