Palestina: Na ONU, o funeral da solução biestatal

Se a relação entre judeus e palestinos for reformulada sobre uma base justa e democrática, não se poderá aceitar nem o velho mapa enterrado da solução dos dois estados nem sua logica de partição.

aqui

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo