Para João da Mata

Caro João da Mata, acho qualquer tipo de linguagem uma forma de linguagem. Não tenho problemas com o uso de termos que nem ao menos são ofensivos. E acrescento: nem também com os ofensivos. E é preciso aceitar os outros como ele são, dentro do que se chama de civilização: Humano, demasiado humano.

Já quanto ao respeito é outra historia. Mas tem aquilo que talvez você não concorde: não se pode ter respeito por quem não se dá ao respeito.

ao topo