Paradoxo da burrice

A burrice é do outro: o habitual é que ninguém imagina ser seu portador. Márcia Tiburi

aqui

Go to TOP