PCult ou, como diria Arnaldo: mais louco é quem me diz

Por Alex Antunes

Durante anos nos acostumamos a pensar que a relação mais estreita entre “política” e “cultura” era o convite oportunista a músicos populares para atrair a massa desavisada aos comícios.

aqui

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dez + 16 =

ao topo