Peça ‘Carmen, de Cervantes’ desembarca em Natal para tratar de preconceitos milenares

A peça “Carmen, de Cervantes” desembarca em Natal para duas sessões nos dias 3 e 4 de maio, sempre às 19h30, na Casa da Ribeira. Com produção da Companhia MEIMUNDO INVENTAÇÕES COMPARTILHADAS, o espetáculo reafirma o diálogo entre Teatro e Literatura, propondo a descoberta e a reinvenção da vida através do encontro entre a personagem Carmen, do francês Prosper Mèrimée, com o escritor espanhol Miguel de Cervantes. Os ingressos serão vendidos a preços populares na bilheteria do teatro a R$20 (inteira) e R$10 (meia).

O ESPETÁCULO
facebook.com/carmendecervantesteatro

A dramaturgia inédita – uma adaptação do conto homônimo do brasileiro Marcos Arzua – propõe uma trama imprevista ao unir dois ícones da literatura mundial: a personagem Carmen, vibrante e envolvente cigana andaluza e o consagrado escritor espanhol Miguel de Cervantes. “Carmen, de Cervantes” é uma montagem teatral que aborda temas como identidade, propriedade, preconceito e reinvenção, oferecendo ao público jovem e adulto um argumento narrativo original que mescla as trajetórias de duas personalidades clássicas ? uma fictícia e outra real ? para expressar em linguagem contemporânea a busca diária do ser humano pela reinvenção, pela reconstrução de sua história frente às descobertas de novos caminhos. A direção do espetáculo é de Fábio Espírito Santo, que também assina o texto com Marcos Arzua.

No espetáculo, com 70 minutos de duração, a cigana Carmen honra a sua origem e renega todos os estereótipos que lhe são atribuídos, uma personagem que representa grupos que a sociedade exclui com seus preconceitos milenares. Já o escritor Miguel de Cervantes representa o artista que luta diariamente para desenvolver sua arte em meio a tantas obrigações e percalços da vida cotidiana. Em cena estão os atores Ana Paula Bouzas (Carmen), Samir Murad (Miguel de Cervantes), Ciro Sales (José e o Cobrador), Maria Adélia (Rival e Catalina).

Um dos destaques do espetáculo é a música original criada pelo premiado violonista, compositor, arranjador e produtor musical Luiz Brasil, conhecido por suas trilhas sonoras para o cinema (O Quatrilho, Central do Brasil, Ó paí, ó) e pelos trabalhos com grandes nomes do cenário musical brasileiro.

A HISTÓRIA
O que aconteceria se o famoso escritor espanhol Miguel de Cervantes (1547-1616) encontrasse a personagem Carmen, a mítica cigana fatal apresentada na novela escrita em 1845 pelo francês Prosper Mèrimée (1803-1870)? É a partir dessa premissa que se desenvolve a trama de ?Carmen, de Cervantes?. Para driblar sua “submissão” ao enredo original em que sempre esteve inserida, apresentada como hábil criminosa inconsequente, quase prisioneira de sua própria sensualidade, Carmen quer agora um novo destino. Para tanto, invoca o grande autor castelhano que irá recriá-la, ressignificá-la num contexto bem mais complexo e libertador. Livres no tempo e no espaço, as histórias de ambos se cruzam, modificando trajetórias e recriando desejos. ?O espetáculo fala da coragem em expressar o inconformismo, do não acomodar-se nas sutis amarras das convenções, trata da força que todos nós temos em reconstruir nossa própria história cotidianamente?, afirma o diretor. ?Carmen, de Cervantes? é uma emocionante viagem de descoberta e reinvenção da vida e da literatura.

OFICINAS
Nos dias 02 e 03 de maio, a companhia também oferecerá três turmas gratuitas de oficinas de teatro, ministradas pelos atores Ana Paula Bouzas e Samir Murad, e pelo dramaturgo Marcos Arzua. As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas com o preenchimento do formulário online encontrado no link AQUI.

OFICINA “LABORATÓRIO DO MOVIMENTO” – OFICINEIRA: Ana Paula Bouzas. Dia 02 de maio de 2016 – 08h30 às 11h30 – Sala 1 do DEARTE UFRN. Público alvo: atores/bailarinos/performers

OFICINA: ?O ATOR NO SÉCULO XXI – Uma proposta de encontro entre o Ocidente e o Oriente? OFICINEIRO: Samir Murad – Dia 03 de maio de 2016 – 08h30 às 11h30 – Sala 1 do DEARTE UFRN. Público alvo: atores.

OFICINA: “LITERATURA & REINVENÇÃO ? ADAPTAÇÃO DE ARGUMENTOS E TEXTOS PARA FICÇÃO” – OFICINEIRO: MARCOS ARZUA BARBOSA – Dias 02 e 03 de maio de 2016 – 14h às 17h – Sala CENOTEC do DEARTE UFRN. Público alvo: atores, autores, estudantes de Letras, Artes Cênicas; demais interessados em criação literária.

SOBRE O ELENCO
Ana Paula Bouzas é atriz, bailarina e coreógrafa, além de exercer a função de preparadora de elenco e diretora de movimento em diversos projetos em artes cênicas e audiovisual. Graduada em Licenciatura em Dança pela Faculdade Angel Vianna (RJ), pós graduanda em Preparação Corporal em Artes Cênicas pela mesma instituição, atuou em alguns grupos e cias de teatro e dança em Salvador e no Rio de Janeiro e em diversos produtos na TV e no cinema. Sua formação inclui experiências com profissionais como Marilena Ansaldi, Luís Carlos Vasconcelos, Denise Namura, Ana Kfouri, Suzanne Linke, Suzana Yamaushi, Walter Lima Jr, Fátima Toledo, Ana Vitória Freire, Paulo Caldas. Como atriz e bailarina, trabalhou com diretores teatrais e de TV como Ana Kfouri, Luis Arthur Nunes, André Paes Leme, Tim Rescala, Pedro Vasconcelos, Fernando Guerreiro, Nehle Franke, Roberto Talma, Marcos Schetman, Guel Arraes, Jorge Furtado e José Alvarenga. Recentemente, Ana Paula assinou a direção da peça teatral APARTAMENTO 1201, ao lado de Cristina Moura (RJ), esteve em temporada com os espetáculos de dança FRIDA-ME (Márcio Cunha Dança Contemporânea) e CARMEN, DE CERVANTES (Fábio Espírito Santo). Atuou como diretora de movimento dos espetáculos CINCO JÚLIAS (Matheus Souza) e A CUÍCA DO LAURINDO (Sidnei Cruz), ainda em cartaz. Atualmente, segue em turnê com a peça CARMEN, DE CERVANTES e começa a ensaiar como atriz o espetáculo solo INFERNO. http://apbouzas.wix.com/arte

Samir Murad é ator de Teatro, Cinema e Televisão, e vem trabalhando também como diretor, autor e professor de teatro. É formado pela UNI-RIO onde concluiu o Curso de Bacharelado e Licenciatura em Artes Cênicas e também o mestrado tendo em ARTAUD seu tema de dissertação. Concluiu também a pós-graduação em Teatro na UFRJ sob a direção de Aderbal Freire Filho. No teatro trabalhou com diretores como Augusto Boal, Amir Haddad, Sidnei Cruz, Sergio Britto, Bibi Ferreira, Moacir Góes e Paulo de Moraes entre outros Em 2001 realiza seu primeiro solo PARA ACABAR DE VEZ COM O JULGAMENTO DE ARTAUD que fica segundo a crítica Barbara Heliodora entre os dez melhores espetáculos do ano. Em 2008 realiza o segundo espetáculo solo na mesma linha de pesquisa intitulado EDIPO E SEUS DUPLOS. Com ambos os solos tem viajado pelo país se apresentando e administrando oficinas e palestras. Dirige o Grupo Cambaleei, mas não caí… que, atualmente, realiza uma pesquisa de Teatro em espaços abertos no Centro Cultural Laurinda Santos Lobo em Santa Tereza. Suas últimas participações no vídeo foram: Fina Estampa, Amor à Vida, Malhação e Insensato Coração na TV Globo e Pecado Mortal e Vidas em Jogo na Record e no cinema no longa ?No meu Lugar? e Heleno, Tim Maia e vários curtas, no teatro A Moringa Quebrada, Noel o Feitiço da Vila, Variações Freudianas 2, A Revista do Olimpo e o O Gato de Botas. Professor da Faculdade CAL de Artes Cênicas, Variações Freudianas ? Teatro, Por isso eu sou vingativa ? Minissérie Multishow, Em Família ? novela TV Globo, Milagres de Jesus ? TV Record.

FICHA TÉCNICA

Baseado no conto homônimo de Marcos Arzua
Texto: Marcos Arzua e Fábio Espírito Santo
Direção: Fábio Espírito Santo
Elenco:
Ana Paula Bouzas (Carmen)
Samir Murad (Miguel de Cervantes)
Ricardo Santos (José e Cobrador)
Maria Adélia (Rival e Catalina)
Direção de Produção: André Canto
Produção Executiva: Camila Araújo
Direção Musical: Luiz Brasil
Diretora de Movimento: Eliane Carvalho
Cenografia: Ronald Teixeira
Iluminação: Fábio Espírito Santo
Figurino: Bettine Silveira
Maquiagem: Mária Adélia
Produção: Canto produções
Realização: Meimundo Inventações Compartilhadas

SERVIÇO
Espetáculo Carmen, de Cervantes em Natal
Dias 03 e 04 de maio de 2016, às 19h30, na Casa da Ribeira
Rua Frei Miguelinho, 52, Bairro da Ribeira
Ingressos: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia)
Informações: (84) 3211-7710

FOTO: Débora Setenta

Acredito que música, literatura e esporte são ansiolíticos dos mais eficazes; que está na ralé, nos esquisitos e incompletos a faceta mais interessante da humanidade. [ Ver todos os artigos ]

Comments

Be the first to comment on this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Go to TOP