Peleja com o rei da Espanha

Por Horácio Paiva

“Não desejo ao senhor um pronto restabelecimento, porque isso o levaria a prosseguir com as suas estadas mortíferas em África ou em outro local.” Brigitte Bardot

Nem todos aprendem a um só tempo
mas o rei da Espanha pelo menos aprenderá?

Onde estava a majestade
na caça ou no caçador?

O tiro no elefante
foi no corpo ou na memória?

Ou terá sido nos dois?
Ou terá sido em si próprio?

Matar um animal grande… estaria
o rei na idade do susto?

Se mata o maior de todos
os menores escaparão?

O que dirão o budista, o humanista
o cristão e o panteísta?

Coroa e manto o protegem
mas a morte não o reprova?

Calou a voz de Francisco
de Assis que lhe ensinara?

Faz protocolo tardio
em desculpas com o povo
mas recorre à consciência
em arrependimento sincero?

E no forum da consciência
mandará que ela se cale?

Será a indignação o juiz
ou será outro o tribunal?

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo