Penso, logo desisto

A partir da montagem do Natal em Natal, penso: o poder público não gosta nem de cultura nem de eventos, gosta é de turismo e de voto.

Acredito que música, literatura e esporte são ansiolíticos dos mais eficazes; que está na ralé, nos esquisitos e incompletos a faceta mais interessante da humanidade. [ Ver todos os artigos ]

Comments

Be the first to comment on this article
  1. Carlos Augusto [Floyd] 19 de Outubro de 2009 18:45

    Pode até gostar de Turismo, mas de turista não.
    A prova é a falta de estrutura em qualquer das praias urbanas de Natal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Go to TOP