Penso, logo desisto

O homem preso no buraco fundo se desespera quando ainda jogam areia nele. Só depois percebe que a medida que a areia cai, o buraco diminui e ele consegue sair. Mas sair pra junto dos filhos da mãe que jogam areia na gente? Melhor a solidão do buraco.

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × quatro =

ao topo