Perfil de revista mostra Jobim como político vaidoso e orgulhoso de relação com militares

Por Jair Stangler

Após quase quatro anos no Ministério da Defesa, Nelson Jobim deixou o governo nesta quinta-feira, 4. Uma série de declarações polêmicas nos últimos meses contribuíram para sua queda. A gota d’água foi a declaração dada à revista Piauí que chega às bancas na sexta-feira, 5, criticando o trabalho das ministras Gleisi Hoffman, da Casa Civil, e Ideli Salvatti, de Relações Institucionais.

aqui

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × 4 =

ao topo