Pintor espanhol exibe cores do Cangaço em mostra na Pinacoteca

O artista visual espanhol Manuel Blas abre nesta quinta-feira, às 19h na Pinacoteca do Estado (Praça 7 de setembro S/N, Cidade Alta) a mostra “Iconografia brasileira – Aproximações a Lampião e Maria Bonita”.

A obra do artista se enquadra dentro do que se denominou Nueva Figuración Española nos anos 1970. Segundo Blas, a corrente pictórica contém elementos líricos relacionados com o expressionismo alemão dos anos 1920 e 1930 ao que se incorpora uma concepção plana das imagens com tratamento frontal que lhe aporta característica do Pop-Art.

“Na minha obra em particular, o resultado poderia denominar-se figuração abstrata ou abstração figurativa, se fosse possível definir assim”, resume o pintor.

Na exposição que estará aberta ao público até 2 de abril, são apresentadas 44 obras, três delas realizadas sobre tela e o resto sobre papel.

Técnicas
Por serem suportes diferentes, o artista trabalha diversas técnicas. A pintura sobre tela é acrílica, enquanto que nos trabalhos realizados em papel ele incorpora procedimentos mistos.

“Dependendo do que “me pede” cada obra no seu processo de elaboração, rasgo com “punzón”, mancho com nanquim, aporto energicamente “creta” ou pastel, ou risco gestualmente o papel com lápis ou grafite negro em um “diálogo plástico” entre o que está resultando e eu”, explica Blas.

Cangaço
A exposição apresenta elementos da cultura e da realidade física nordestina universais que Blas inclui no trabalho, como o caráter dos personagens representados e as características meio ambientais.

“Esteticamente, o cangaço me sugere uma infinidade de formas, de cores, de aspectos, gestos e emoções. Lampião e Maria Bonita são nas suas circunstâncias como uma realidade impossível… uma utopia nordestina.

Evidentemente, Espanha e o Nordeste brasileiro, em muitos aspectos, o cultural, por exemplo, são tão diferentes que parecem contraditórios, mas aprendemos o ser humano como referência e a sua existência como fato fundamental, observando-se que possuem muitos elementos complementários”, finaliza o artista europeu.

“Iconografia brasileira: Aproximações a Lampião e Maria Bonita”
(Exposição com obras do pintor Manuel Blas)
Abertura: Quinta-feira (3/03) às 19h
Local: Pinacoteca do Estado ( Praça 7 de Setembro S/N, Cidade Alta)

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove + oito =

ao topo