Pipa já não é mais a mesma

Não conheço ainda a infraestrutura do Pipa Open Air. Noticiei a montagem do projeto ainda quando, na sociedade, estava a produtora Juçara Figueiredo. Um empreendimento ambicioso e altamente viável e produtivo à badalada praia do litoral sulista potiguar. Semanas depois entrevistei a mesma Juçara e ela disse ter pulado fora do projeto. Fiquei sem entender. E ela não quis entrar em detalhes sobre o motivo. Ainda arranquei uma lasca quando ela disse não concordar com o conceito que a “arena” iria ganhar. Conceito de atrações, digo. E depois de shows populares e de alto apelo comercial, a exemplo de Lulu Santos, Capital Inicial e O Rappa, o Pipa Open Air receberá Aviões do Forró e a dupla sertaneja Jorge e Matheus. Difícil para uma produtora que idealizou um Fest Bossa & Jazz, entre outros projetos de gosto mais sofisticados e com o emblema cosmopolita da praia, dançar forró e levantar o chapéu de vaqueiro no tal Pipa Open Air.

Acredito que música, literatura e esporte são ansiolíticos dos mais eficazes; que está na ralé, nos esquisitos e incompletos a faceta mais interessante da humanidade. [ Ver todos os artigos ]

Comments

There are 5 comments for this article
  1. mardja kaline 15 de Abril de 2014 12:53

    Realmente é uma pena , para quem acompanha o movimento de Pipa sabe que muita coisa melhorou após a chegada do Fest Bossa Jazz , mas infelismente quando as coisas começam a melhorar , colocam uma ” Marcha ré ” , que pena.

  2. Marcos Silva
    Marcos Silva 15 de Abril de 2014 13:43

    Pessoalmente, gosto muito de jazz, bossa nova e forró do bom. O problema é que o último genero é raro, raro, raro, raro, raro, raro, raro… Penso em gente como Gonzagão, Jackson, Marinês, Dominguinhos – todos já no céu, infelizmente pra nós. O forró lá deve estar ótimo.

  3. Cassia 16 de Abril de 2014 13:40

    Boa tarde, a respeito dos shows do avioes do forro e jorge Matheus foi pura jogada da galera do pipa open air que todos sabemos que tem gente socio da arena que faz parte da prefeitura de tibau, logo no inicio a B SHOWS a empresa que trouxe avioes do forro ano passado divulgou o evento tudo no mesmo dia e o local seria no estacionamento como no ano passado.. se olhar as redes sociais vão ve que em nenhum momento o show de avioes do forro e jorge e matheus foi divulgado na tal arena.. mas as boas linguas falam que a PREFEITURA não liberou o tal alvará de funcionamento para o estacionamento fazendo assim que a B SHOWS fechasse a parceria com o pipa open air claro aumentar os lucros e os valores dos ingressos.
    besta é o povo que paga mais de 100 reais para um show sem direito a NADA. em natal existem shows muito mas baratos que oferecem bebidas alcolicas de graça.
    mas como dizem o negocio e ter as costas largas; MANDA QUEM PODE OBDECE QUEM TEM JUIZO.

  4. Tito Rosemberg 16 de Abril de 2014 15:40

    Juçara é uma guerreira da elegancia e bom gosto musical. Ela ama Pipa e demonstra na sua produção. Os outros são oportunistas que querem vampirar Pipa com shows de qualidade duvidosa. Destruiram uma bela área vegetada prometendo diversas atividades regulares para a comunidade naquele espaço mas não cumpriram nada até agora, além de devastar uma bela mata pipense. Viva o Fest Bossa e Jazz, o resto que voem para longe no avião do forró xulo!

  5. Patrícia Abreu 16 de Abril de 2014 20:20

    A questão começa com nepotismo, depois passa por uso impróprio do solo. depois ninguém fala da derrubada imprópria das árvores do local, (inclusive espécimes raras, raríssimas pelo que me falaram). A questão do gosto musical, prefiro não me pronunciar, isso é questão de gosto e aprendizado. E eu não pretendo mudar nenhum lugar com meu gosto. Agora cerquinha separando o povo…….. Eita! Zé Ramalho não falava….”Ei…. povo marcado, povo feliz…Ei, vida de gado….povo marcado povo feliz…rsrsrsrs Tô fora!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Go to TOP