Piva

Poesia como deve ser Piva
Liberdade Orgia Libertiva
Paranóia a vida viva Piva

damata
………………………………….

O marques de Sade e a Marquesa de Santos
Gritando seus triunfos

………………………………………………………

O mistério lunar da menina lésbica
Linda como um nenúfar
Com o seu nome de pássaro
Levando na Mochila as Canções
de Bilitis
uma coruja no ombro
& no sangue os gritos dos
Náufragos de outrora

Piva
Revista CoYote
2004

Esqueleto da Lua

Esqueleto da Lua
o tempo
tambor tão ágil
vomitando a noite

Piva in
Antologia Comentada do século XXI
Manoel da Costa Pinto

Físico, poeta e professor [ Ver todos os artigos ]

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo