Piva

Por Mário Bortolotto

Eu não conheci Roberto Piva. Mas eu vi Roberto Piva. Várias vezes. Lendo seus poemas nos mais variados lugares. Adentrando os eventos culturais cercado por seus “pivetes” (como eram conhecidos os garotos que andavam com ele e com os quais ele dividia suas iluminações).

aqui

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezesseis − 3 =

ao topo