Poemas cantados amanhã

Quem preferir escapar do Mada ou do chorinho do Buraco da Catita, o Madrigal da Escola de Música da UFRN, sob a regência de Tércia de Souza, apresenta Poemas Cantados: há gosto belo. Um espetáculo que reúne diálogo narrativo, estilo musical e poético para encantar com maestria a aventura de criar o belo. A construção dos poemas cantados possibilita ouvir a história dos “eus” de Raul e sentir as nuanças deste personagem a partir de um roteiro teatral elaborado por Celeste Borges, responsável por estabelecer o laço entre a história e os poemas selecionados.

O espetáculo compreende o Poeta Romancista, Mário de Andrade e sua “Moda dos quatro rapazes”; a delicada “Bom Dia” de Gilberto Gil e Nana Caymmi; o Cronista e Poeta, Carlos Drummond de Andrade com “Quadrilha” e o “Poema da Necessidade”; o compositor e maestro, o inesquecível Antônio Carlos Jobim, “Dindí”; o Poeta Moderno Augusto do Anjos com a singularidade de “O Morcego”; o Poeta e crítico literário, Manoel Bandeira com o “Belo-belo” remetendo à “delícia de poder sentir as coisas mais simples” para uma apresentação musical e à “vida”.

A criação procura relembrar que “há gosto belo” no percurso dos “eus” de Raul e no conjunto do espetáculo Poemas Cantados. A apresentação será amanhã e sábado no Auditório da Reitoria da UFRN, às 19h30. Os ingressos estão à venda na Biblioteca da Escola de Música (Inteira: R$ 10 e Estudante: R$ 5).

Comments

Be the first to comment on this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Go to TOP