poemeto pra castro…

poemeto pra castro… e silva nunca mais sair da fase oral

em dubai
me morde os olhos arranha-céus,
me lambe até os ossos futuristas.

em dubai viro rio
e meu gemidos te gritam mais
rimados ai, ais.

Comentários

Há 2 comentários para esta postagem
  1. Nina Rizzi 26 de maio de 2010 12:29

    la moda di ungaretti

    giusto per carillon a dubai:
    non mi aspettavo di più, niente mai.
    *

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo