Poesia fria…

poesia fria...

…Navalha fria
De fino fio
E corte de mestre.
Rasgas com irreverente corte
…………….

Este instante de inverno e frio…
E como ficam amargas tuas gotas “doces ”
De gota em gota encharcas-me o peito
E molhas a lama que transparente envolves…
É FRIO ESTE INVERNOSO TEMPO
Em que me deito na espera da noite
Para fugir do arrepio
Que o silêncio traz…(atrai)
São imensos, os vagos que me abres nas veias,
São negros, os fios dos meus cabelos …
São como os sorrisos que perdi
As rugas que me decoram hoje a face e dizes ser belo,
Enquanto a solidão da poesia é pão
…E para de mim longe foram…
As certezas.
Deito-me ,descrente, sem rezar…
Seca, como se não fora inverno…
Se durmo não sonho…Tenho pesadelos…
Ao travesseiro confesso que já não há luz …
As reluzentes horas, por horas… Cinzas são…
Um gotejar em cântico faz a sinfonia,
Meu sentido coração ficou, do teu, ateu…
Se do amor digo, é para continuar fazendo versos
E doando neles os meus sentimentos;
Pois a tempestade deste instante raro, me é muito caro
Soletro o calendário…
Pinto de alguma cor vibrante o que seria felicidade.
As horas passam tarde. E da janela do quarto miro o verde
E a ave que se perdeu do ninho…
Ela é tão triste… Tão triste…
E também sente imenso o frio
Que por aqui passeia em contraditória festa natural no verde.
E as gotas e gotículas caem sobre as flores,
Que tremem como eu,
Como um batismo “nada cristão”, pois ao tocá-las, as matam…
NUMA ASFIXIA DE EMOÇÃO E LÍQUIDO.
Liquidifico e bebo a dormente calma que me cerca
Em taças escuras de bronze e desatino…
Deito-me sobre a cruz deste calvário e sigo…
Sem redenção, sem a pretensão do sacrifício, sussurro…
Sussurros, coisas pagãs, inconfessáveis…
Para que o amor não escute e ainda, em mim, creia .
É fria e afiada a lâmina que me corta…
Só as águas mornas em que me banho
Me aquecem e envolvem a carne cinza,
O inverno é poesia cega e fria de busca e espera
Dorme em mim a primavera.
E UM OUTONO SEM FIM…

(Ednar Andrade).

Comments

Be the first to comment on this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Go to TOP