Poesia mentira: o céu de Manoel

Caros amigos:

O filme “Só 10% é mentira”, de Pedro Cezar, apresenta simpaticamente o poeta Manoel de Barros – temas, amigos, estudiosos de sua obra (que ele diz não ter fortuna crítica). A qualidade da poesia e a inteligência do escritor são grandes trunfos do filme, que padece de excesso de exatidão no gênero. Mas prevalece o hino à linguagem da beleza como finalidade em si e a alguns de seus protagonistas: poetas, artistas, crianças, gente fora do lugar. Vale a pena.

Abraços:

Nasci em Natal (1950). Vivo em São Paulo desde 1970. Estudei História e Artes Visuais. Escrevo sobre História (Imprensa, Artes Visuais, Cinema Literatura, Ensino). Traduzo poemas e letras de canções (do inglês e do francês). Publiquei lvros pelas editoras Brasiliense, Marco Zero, Papirus, Paz e Terra, Perspectiva, EDUFRN e EDUFRJ. Canto música popular. Nado e malho [ Ver todos os artigos ]

ao topo