Poesia, objeto essencial

Entrevista/Eucanaã Ferraz

Por Carlos de Souza e Tádzio França

O mundo não tem a poesia como artigo de primeira necessidade, mas a palavra ainda pode se impôr na sociedade consumista como um objeto essencial. O poeta Eucanaã Ferraz, um dos mais celebrados estilistas do verso no Brasil,  acredita que a poesia não perdeu sua capacidade de enlevar e ao mesmo tempo sublevar.

aqui

Comentários

There is 1 comment for this article
  1. Anchieta Rolim 12 de novembro de 2011 14:34

    Carlão/Tádzio, bela entrevista! Valeu!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo