magno catão

Poeta MAGNO CATÃO: Rua Rio Guaju

Rua Rio Guaju 

Aqui na esquina do continente
a distância se mede pelos acenos
sob um pé de jambo.

Eu vi muitos deles
entre dezembro e janeiro
quando as flores eram roxas
e soldadinhos ancoravam
em muros caiados.

A rua com nome de rio
esticou suas longas calçadas
até planícies áridas
e um cacto com nome de homem
tornou-se a espada da terra
onde os jambos haviam cantado o verão.

(Magno Catão)

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

9 + 15 =

ao topo