Polêmica e polidez

Tenho observado em algumas discussões neste e noutros blogs e espaços intelectuais o risco de se confundir polêmica com o exercício da grosseria – desqualificação, insulto.

A discordância e a crítica não significam destratar os outros. Quando se insulta o oponente, junto com o tratamento dado ao outro, a pessoa que insulta também se desqualifica: agredir quem não tem qualidades é escolher adversários fracos, declarar que não tem tutano para encarar gente de nível elevado.

A polêmica pode ser frutífera se partir de bases mínimas: a vida é curta, estou tratando desse assunto ou daquele personagem porque os considero importantes e dignos de lhes dedicar meu precioso tempo.

Tenho 60 anos. Com muita sorte, viverei mais 20 ou 30 anos. Pessoalmente, optei por sequer ler determinadas grifes que somente insultam as outras pessoas. Valorizo muito meu tempo de ler, escrever.

Agredir aqueles de quem discordamos é declaração pública de que não se tem argumentos demonstrativos e explicativos suficientes para demolir o que eles disseram.

Devemos apoiar polêmicas produtivas, discordâncias que partem do princípio de que o outro diz e faz coisas dignas de atenção.

Os insultos merecem seu destino de origem: lata de lixo própria à moral do ressentimento.

Nasci em Natal (1950). Vivo em São Paulo desde 1970. Estudei História e Artes Visuais. Escrevo sobre História (Imprensa, Artes Visuais, Cinema Literatura, Ensino). Traduzo poemas e letras de canções (do inglês e do francês). Publiquei lvros pelas editoras Brasiliense, Marco Zero, Papirus, Paz e Terra, Perspectiva, EDUFRN e EDUFRJ. Canto música popular. Nado e malho [ Ver todos os artigos ]

Comentários

There is 1 comment for this article
  1. Fernando Monteiro 17 de janeiro de 2011 11:11

    BRAVO!, Marcos.
    Concordo em gênero, número e grau consigo. E sou mais velho (dois anos) do que você: completarei 62 anos em 20 de maio próximo.

    PS:
    E diga ao Tácito que eu não dispenso o seguinte presente: um álbum (pode ser digital, pela vasta quantidade de imagens!) com as fotos de todas as “abatidas” — de idade, peso, altura e diferentes raças etc — pelo famoso/famigerado “Sedutor de Natal”…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo