Por Nina Rizzi eu vou até ao plágio

Por Jarbas Martins

Mote: SE NINA NIN ME MATAR, NINGUÉM TENHA DÓ DE MIM.

Não posso mais suportar, é grande a minha paixão. Perdou-a de antemão, SE NINA NIN ME MATAR. Se dela me apaixonar terei um prazer sem fim, e se alguém me vir assim, mordendo os beicinhos dela, se eu morrer fodendo ela, NINGUÉM TENHA DÓ DE MIM.

Comentários

Há 2 comentários para esta postagem
  1. Grace 2 de abril de 2010 13:04

    Vá em frente!!!!
    Ui,ui,ui…Ai,ai,ai…
    Piradinho!!!!
    Doidinho!!!
    Que coisa boa….

  2. Nina Rizzi 2 de abril de 2010 10:33

    Jarbas, diabéisso, macho?
    olha, jogando os búzios ontem à noite eu vi tudos, e não é assim que vc morre… é algo como o alegre funeral dos sonhos de Kurosawa.

    vc tá pirando… e ninguém vai ter dó. o doido do SP.

    abraço, menino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo