Potiguar em Ipanema

A Casa de Cultura Laura Alvim, Teatro Rogério Cardoso, apresenta o monólogo “A Mulher Monstro”, de Caio Fernando Abreu, dito e encenado pelo potiguar, de Santo Antônio, José Neto Barbosa. O Teatro fica na Avenida Vieira Souto, em Ipanema. Casa cheia todas as noites, merecendo críticas amplamente elogiosas. Na sexta-feira passada o ator Neto prestou uma homenagem belíssima a outra potiguar. Após a sessão, ele dedicou aquela apresentação a Raíssa Tâmisa, conterrânea a quem ele declara ter sido estimuladora no início da sua carreira.

Ex-Presidente da Fundação José Augusto. Jornalista. Escritor. Escreveu, entre outros, A Pátria não é Ninguém, As alças de Agave, Remanso da Piracema e Esmeralda – crime no santuário do Lima. [ Ver todos os artigos ]

Comments

There is 1 comment for this article
  1. François Silvestre 10 de Abril de 2018 20:14

    Tácito, corrija por favor, o nome da Casa de Cultura é Laura Alvim. Brigado pela atenção. Você é um irmão que qualquer um quer ter, mesmo tendo outros, como eu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Go to TOP