Prêmio Hangar e mais 9 projetos foram aprovados na Lei Câmara Cascudo; outros 9 foram reprovados

Blog sem atualização. Blogueiro em recesso merecido e sem internet na praia-refúgio. Mas segue abaixo a última leva de projetos analisados pela Comissão Normativa da Lei estadual de incentivo à cultura. Se na Lei municipal aprovam projetos de blocos carnavalescos, na estadual reprovaram um de valor quase milionário. Confiram abaixo:

PROJETOS APROVADOS
Projeto: RN Film Comission
Proponente: Wojciech Karol Kordecki
Valor: R$ 78,6 mil

Projeto: Narrativas do Silênio
Proponente: Fábia Gomes Ferreira
Valor: R$ 59 mil

Projeto: Prêmio Hangar
Proponente: Marcelo Veni
Valor: R$ 394 mil

Projeto: Cores e Nomes
Proponente: Margot Ferreira
Valor: R$ 262,9 mil

Projeto: Música é Show
Proponente: Raquel de Lucena
Valor: R$ 666,6 mil

Projeto: Transforme-se
Proponente: Efigênia de Oliveira Cruz
Valor: R$ 239,7 mil

Projeto: Projeto Cultural Forró do Chapéu de Couro
Proponente: Amanda Bernadete Eugênia da Silva
Valor: R$ 400,5 mil

Projeto: Oficinas da Ilha
Proponente: Ines Margot Saraiva Latorraca
Valor: R$ 206,3 mil

Projeto: Árvore Genealógica
Proponente: Guaraci Gabriel
Valor: R$ 220,4 mil

Projeto: Movimento Sinfônicao
Proponente: Tuyanne Taynar
Valor: R$ 437,4 mil

PROJETOS REPROVADOS:
Projeto: Festival Gostoso de Música Popular
Proponente: Associação de Meio Ambiente , Cultura e Justiça Social
Valor: R$ 260,3 mil

Projeto: Cidade Viva Cultural
Proponente: Preview Promoções e Eventos
Valor: R$ 558 mil

Projeto: I Festival Literário do Oeste Potiguar
Proponente: Prefeitura de Pau dos Ferros
Valor: R$ 164 mil

Projeto: Revista Fatos e Feitos
Proponente: José Geraldo de Matos Novais
Valor: R$ 367 mil

Projeto: Vamos Dançar
Proponente: Márcia Virginia Mendes de Mattos
Valor: R$ 52 mil

Projeto: DVD Banda Suns7et
Proponente: Jonathan Felipe de Morais
Valor: R$ 73 mil

Projeto: Rios Invisíveis
Proponente: F.S. Rodrigues Produções
Valor: R$ 360 mil

Projeto: Caetano Veloso
Proponente: Andiara Freitas
Valor: R$ 123 mil

Projeto: 100 Anos de Tradição – escolas de Samba & Tribos de Índios
Proponente: Associação das escolas de Samba e Tribos de Indígenas de Natal
Valor: R$ 968 mil

Jornalista por opção, Pai apaixonado. Adora macarrão com paçoca. Faz um molho de tomate supimpa. No boteco, na praia ou numa casinha de sapê, um Belchior, um McCartney e um reggaezin vão bem. Capricorniano com ascendência no cuscuz. Mergulha de cabeça, mas só depois de conhecer a fundura do lago. [ Ver todos os artigos ]

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × um =

ao topo