Primeiro edital pago pela FJG

O Prêmio Núbia Lafayette será o primeiro dos doze editais lançados pela Fundação José Gugu a ser quitado. Até dezembro os 40 músicos contemplados receberão a verba para produzirem seus CDs. A promessa para 2010, portanto, é de muita música potiguar no mercado. Os artistas têm prazo de três meses para a confecção do produto. Em março haverá grande evento de lançamento dos CDs. A FJG dará o plus de 100 CDs gratuitos para os músicos poderem promover seus trabalhos na mídia e entre produtores. É o que garante o coordenador do prêmio, o músico e compositor Babal.

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo