Primeiro filme profissional de Welles é encontrado

FOLHA DE SÃO PAULO

O primeiro filme profissional feito pelo cineasta norte-americano Orson Welles (1915-1985) foi encontrado e recuperado na Itália, onde será exibido num festival em outubro, informou nesta quarta (7) o jornal “The New York Times”.

Apesar da estreia oficial de Welles ter sido com o clássico “Cidadão Kane” (1941) –tido por muitos especialistas como o melhor filme da história–, o diretor produziu 40 minutos de imagens para acompanhar “Too Much Johnson”, uma peça teatral que ele pretendia montar na Broadway, em 1938.

Como a montagem nunca vingou por problema contratuais dos atores, o filme foi considerado perdido pelos estudiosos, mas o original foi encontrado em um armazém da cidade italiana de Pordenone e restaurado para ser exibido no festival local Le Giornate del Cinema Muto, em 9 de outubro.

“Too Much Johnson” é a primeira tentativa de Welles no cinema profissional e é protagonizada por vários membros da trupe do Mercury Theater, companhia fundada pelo cineasta em 1937.

A peça estreou sem o filme em agosto de 1938, mas foi um fracasso. Como os atores reivindicaram um aumento no salário pelo fato de participar de um filme, o média-metragem nunca foi exibido.

A única cópia que os estudiosos conheciam tinha sido queimada em um incêndio que tomou conta da casa de Welles em Madri.

Comments

Be the first to comment on this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Go to TOP