Quadro de Francis Bacon é vendido quase US$ 34 milhões em Londres

‘Retrato de Henrietta Moraes’ foi pintado em 1963.

Da Reuters
NO IG CULTURA

O retrato de um nu feminino de Francis Bacon foi vendido por US$ 33,7 milhões de dólares na Christie’s na terça-feira (14), elevando o total da venda de pinturas pós-guerra e contemporânea nessa noite em Londres para US$ 127,5 milhões de dólares.

O “Retrato de Henrietta Moraes”, pintado em 1963, ficou abaixo da média das estimativas, que eram de até US$ 39,5 milhões de dólares, se o prêmio do comprador for levado em conta. Mas ainda é o preço mais alto pago por uma pintura nesta categoria em quatro anos na Christie’s de Londres.

Os resultados sólidos se seguem a vendas enormes na Christie’s em Londres na semana passada, quando foram oferecidos trabalhos de artistas impressionistas e modernos. Aqueles leilões atingiram US$ 282,3 milhões de dólares.

O mercado de arte sobreviveu relativamente ileso à crise do euro e ao lento crescimento econômico até agora, com preços aumentando em 2010 e 2011 depois que a crise financeira o afetou em 2009.

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo