Quadro de Portinari é furtado de museu em Olinda

Estadão

RECIFE – Avaliado em aproximadamente R$ 1 milhão, o quadro ‘Enterro’, de Cândido Portinari, foi furtado ontem do Museu de Arte Contemporânea de Pernambuco (MAC), em Olinda. A obra fazia parte da Série Azul do artista, que é integrada por outras quatro telas, todas do acervo do museu.

A diretora do museu, Célia Labanca, prestou queixa à polícia e o caso está sendo investigado. O museu não possui circuito interno de televisão e sua segurança é feita por dois vigilantes.

As cinco telas estavam expostas em uma mesma parede do primeiro andar do MAC, que funciona em um prédio tombado pelo patrimônio histórico e foi inaugurado em 1966. A ausência do quadro só foi percebido no final do expediente – a visitação ocorre das 9 horas às 17 horas, de terça-feira a domingo.

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 + dezesseis =

ao topo