“Quarta da Macumba”

Jairo,

Oportuna sua lembrança. Ia comentar e acabei esquecendo. Também, fiquei desorientado logo que saí daí. Estacionei em frente a uma garagem, aí do lado do mercado, e quando retornei tinha uma multa. Se configurou na hora uma situação bastante representativa da atual administração. Não atendem aos oficios para consertar a iluminação do mercado, emitidos ao longo de mais de 20 dias, inclusive com gestões pessoais, mas para punir o cidadão são de uma agilidade incrível (trabalham até de noite).

Senti, principalmente, por Glorinha Oliveira, a decana da música potiguar, cantando no escuro. Minha sugestão é que vocês, permissionários do mercado, retirem o nome “cultural” do projeto “Quarta Cultural”. Essa administração já demonstrou, cabalmente, que odeia cultura.  Como o secretário anunciou publicamente que apoiará a macumba, acho que vocês deveriam batizar o projeto de “Quarta da Macumba”.

Agora, confesso a você que nada disso que está acontecendo no município me surpreende. Eu achei que seria exatamente assim e escrevi sobre os riscos da eleição de Micarla durante o processo eleitoral. Agora, é aguentar a ritumba. Quem votou e quem não votou paga o pato. E bem pago!

Go to TOP