Quase noite

natureza

Quase noite, cedo,
Ainda é tarde.
Quase dia – quase, noite…
São como ventos, os sonhos.

Brisa mansa bate na face,
O Sol se despede; é ,quase noite…
Um cheiro no ar…Aroma de flores
Jasmins ,cravos e rosas…

Saudade no peito,
Silêncio, sussuros, tudo se aninha;
Nesta hora plena,sagrado instante…
Faço uma prece, por ti rogo(…)

Encanto, magia,a vida descansa; Ave Maria*…
Suave presença… “Mãe -natureza,”
Quanta beleza ,quanta…
Luz de vaga-lume,

No céu “uma estrela,”
O amor anuncia,
Promessa, carinho,
Ave Maria… (Hora nona, hora de oração).

Ave Maria!!!!!

(23/08/2011).

(Ednar Andrade).

Comentários

Há 2 comentários para esta postagem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × um =

ao topo