Que cerveja é essa? Ekäut Munich Helles

EKAUT.2Já conversamos anteriormente sobre como o Brasil anda despontando no universo da cerveja artesanal.

E talvez você não saiba, confrade, mas no Nordeste a atividade está em efervescência.

Impulsionados pelo surgimento das Acervas (Associações de Cervejeiros Artesanais) ou mesmo por iniciativa própria os “paneleiros”, como costumamos nos chamar, criam uma rede de informações, conhecimentos e, claro, amigos para fortalecer a cultura no Brasil.

E não é raro que aquilo que começou como um hobby torne-se a vontade de dar um passo adiante e se transformar em um meio de vida.

Hoje muitos estão concretizando seus desejos, montando cervejarias que já estão em pleno funcionamento, legalizadas para a comercialização de sua produção.

Em nossa região, quem encabeça o processo de crescimento de cervejarias artesanais registradas é o Pernambuco.

Cada vez mais cervejeiros realizam o sonho de comercializar suas receitas e atingirem mais aficionados, ou até mesmo serem responsáveis por cativar em pessoas até então neófitas a paixão pela boa cerveja.

O movimento Recife Bebe Local ganha mais e mais adeptos.

E para exemplificar esse movimento, vamos falar de um dos rótulos mais populares entre as cervejarias da Cidade Maurícia: a Ekäut Munich Helles.

Gol da Alemanha

O confrade se lembra do nosso primeiro bate-papo, em que falamos sobre o surgimento da cerveja Pilsen, de como suas características a tornaram o estilo mais consumido no planeta até os dias de hoje e de como isso fincou a República Tcheca de uma vez por todas no mapa-múndi das cervejas?

Pois é.

O que não falamos naquele encontro foi como os alemães ficaram mordidos de ciúmes quando tiveram notícias da cerveja tcheca.

EKAUT.3E que o criador da receita era um alemão, o bávaro Josef Groll.

Ainda mais depois de tomarem os primeiros goles de uma autêntica Pilsner Urquell!

Como ocorre em todo bom bairrismo, os alemães não quiseram ficar para trás e desenvolveram uma receita para ser concorrente direta da dourada, cristalina e refrescante lager tcheca.

Criada em 1895 pela cervejaria Spaten por Gabriel Sedlmayr, a Munich Helles (“Cristalina de Munique”, numa tentativa de tradução), com seu amargor baixo e predominante sabor de malte, surgia para nenhum alemão sequer pensar em ter inveja das cervejas boêmias.

Ela venceu a batalha no quesito popularidade?

De jeito algum.

Mas o mundo ganhou mais um incrível estilo de cerveja, que não pode faltar em nenhuma Oktoberfest.

Sotaque pernambucano

A paixão dos amigos Diogo Chiaradia e André Turton por cervejas artesanais surgiu quando moravam anos atrás no Canadá.

Voltaram à terrinha com o sonho de desenvolver aqui as receitas que tanto apreciaram em terras estrangeiras, e o sonho virou realidade e atividade profissional de fato em 2015, com a cervejaria Ekäut, fundada em Guabiraba, com a Mata Atlântica e fontes das melhores águas minerais da região em seu entorno.

Para completar o time, os sócios Diogo e André arregimentaram o cervejeiro João Menezes e o sommelier Edson Freitas.

O nome é uma corruptela e homenagem ao pintor e desenhista holandês Albert Eckhout, que integrou a comitiva de Maurício de Nassau e ficou aclamado por ser um dos responsáveis por retratar o Brasil para os europeus.

Dentre as suas primeiras receitas, a Ekäut resolveu emular o embate entre República Tcheca e Alemanha, desenvolvendo tanto uma Czech Pilsener quanto uma Munich Helles – esta, especificamente, utilizando malte Pilsen e lúpulo Saaz para oferecer um belo aroma de biscoito e, no gole, um característico sabor de casca de pão, adequando-se incrivelmente ao estilo – que caiu no gosto do público local, unindo o bom bairrismo de Munique ao do Recife.

Notas

Como dito pelos próprios idealizadores, a Ekäut Munich Helles é uma porta de entrada para o universo das cervejas artesanais.

E se você tiver oportunidade de tomá-la na versão chope, confrade, garanto que será uma experiência à parte.

EKAUT.4E então, Que cerveja é essa?

Nome: Ekäut Munich Helles

Cervejaria: Ekäut

País de origem: Brasil

Estilo: Munich Helles

Álcool: 4,7% ABV

Harmonização: Queijos suaves, frango, lagosta.

Temperatura ideal: 5 – 7 °C

Copo: Caneca

Média de preço: R$ 15 – 20 (Garrafa de 500 ml)

Onde encontrar: A Ekäut Munich Helles pode ser encontrada em pubs de Natal.

Gostou dela? Recomendo Hofbräu Original, Tupiniquim Helles e Paulaner Original Münchner Hell

Sommelier de Cervejas e Técnico Cervejeiro [ Ver todos os artigos ]

Comments

Be the first to comment on this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Go to TOP