Quem são os patrões?

Após um bom tempo, os jornalistas potiguares estão novamente envolvidos numa campanha salarial para valer. Vários anos de submissão e/ou acomodação tiveram como resultado um piso salarial vergonhoso. Hoje, somos alguns dos que menos ganham com a tinta da pena, com o perdão do anacronismo na figura de linguagem.

aqui

Jornalista, com passagem por várias redações de Natal. Atualmente trabalha na UFPB, como editor de publicações. Também é pesquisador de HQs e participa da editora Marca de Fantasia, especializada em livros sobre o tema. Publicou os livros “Moacy Cirne: Paixão e Sedução nos Quadrinhos” (Sebo Vermelho) e “Moacy Cirne: O gênio criativo dos quadrinhos” (Marsupial – reedição revista e ampliada), além de várias antologias de artigos científicos e contos literários. É pai de Helena e Ulisses. [ Ver todos os artigos ]

Comentários

There is 1 comment for this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × 3 =

ao topo