Quem te viu e quem te ve.

Por belchior de vasconcelos leite

Surpreendi-me com a rapidez do Lauro, aquele amigo que encontrei em Nova York, retomando ao nosso diálogo, agora pela internet.Geralmete, esse tipo de acerto que ocorre em congresso,excursão, com troca de email, telefone, a resposta demora ou nunca acontece.

Diante da promiscuidade da política brasileira, senti, por parte de Laura,não desejar tocar nesse tema.Não ressisti, e relatei uma conversa mantida com um amigo,cientista político, sobre a conjuntura brasileira.

Veja só a que ponto chegamos. Esse amigo justifica todo mal feito do PT, alegando que a direita, não sei a que se refere, se ao próprio PT, ou a seus aliados diletos, sempre saqueou o erário, por quê agora que eles estão no poder, não pode fazer o mesmo?

Ouvir isso da companheirada vá lá. Mas de um cientista político é, realmente, para perder toda esperança.Como pode um cientista político perder a consciência critica, a capacidade de análise,deixando que um alinhamento fundado em interesses pessoais e mesquinhos sobrepugem a ética e a moralidade pública, pondo em risco a democracia.

Quando FHC privatizou a telefonia, contengenciava o orçamento, suspendia concursos públicos, fazia o arroxo salarial exercitava uma política neoliberal.

Dilma privatiza aeroportos, a cia. de seguros do Brasil, faz corte no orçamento, suspende concursos. Que política é essa? Qual a`diferença de FHC?

Lula recebeu uma herança maldita.Dilma recebeu o que?

Lauro, vou fazer um esforço para não tocar nese lamaçal, até porque me causa náusea, mas fica díficil silenciar diante de tantos absurdos e incoerências.

Comments

There are 2 comments for this article
  1. Nabuco Pessoa 28 de Abril de 2011 15:31

    Sempre é bom ler Belchior!

  2. Laurence Bittencourt 28 de Abril de 2011 17:48

    Concordo com Nabuco, Belchior poderia escrever mais nos brindando com sua cultura e inteligência.

    Laurence Bittencourt

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Go to TOP