Raimundo Carrero

“Ficcionista de mão cheia (e bom parceiro de copo), Raimundo Carrero escreveu sobre o Dicionário Amoroso da Língua Portuguesa na mais recente edição de O Pernambuco. Infelizmente, não tenho como reproduzir aqui a página impressa, que ficou uma beleza (a diagramação do suplemento é bem interessante, cheia de brancos, bem arejada…), então publico o texto, que se segue.” MARCELO MOUTINHO

aqui

ao topo