Reflexões sobre Cuba

“Em 1997, num artigo intitulado “A história o absolverá?”, escrevi que a maioria dos eventos e publicações dedicados ao trigésimo aniversário do assassinato de Che apresentava Guevara como “a alma pura da revolução” e Fidel como um “anjo mau”.

aqui

Go to TOP