[RENOVANDO A PLAYLIST] “O que não toca – Rock Latino”

Estreou essa semana, na Netflix, o mini-doc “Quebra tudo – A história do rock na América Latina” (Rompan todo, no original). São seis episódios que narram a trajetória desse estilão – que a gente dá o maior valor! – ao longo daquela parte do continente que foi saqueada pela Espanha, isso desde os tempos mais primórdios.

Pegando esse gancho, estreio no Substantivo a coluna Renovando a Playlist. Volta e meia estarei por aqui trazendo algumas playlists com músicas que, por um motivo ou outro, orbitam um pouco fora do radar. 

A ideia é dar um help contra aquele tédio que bate às vezes quando toca Hotel California, Anna Júlia ou Papo de Jacaré pela milionésima vez. Sempre vai ter uns lado B, uns negócio legal, vai dar bom. Cola que é sucesso. 

O tema da semana, em alusão ao lançamento da série, é rock latino! O estilo surgiu na minha vida através da MTV Latina, que rolava na grade da DirecTV. Isso noventinha, ali, Bebeto e Romário. Quem tava nas cabeças? Justamente a turma que selecionei pra playlist da semana: Soda Stereo, Los Tres, Café Tacuba, Aterciopelados, Molotov, Enanitos Verdes, Divididos…

Enfim, enjoy! É um som bem diferente, muito sotaque próprio no som, influência andina de um lado, caribenha do outro, tudo num caldeirão incrível. Oportunamente faço uma lista 2.0 com toda a turma dos anos 60 e 70 dos mesmos países, que também é coisa bem fina.

[RENOVANDO A PLAYLIST] “O que não toca – Rock Latino”

Jornalista e músico. Vivo nas horas vagas junto a Larissa, Liz e Lia. Amor sempre. [ Ver todos os artigos ]

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo