Revista Concerto

“O advento da Osesp não nos deu apenas a Sala São Paulo, fez renascer as temporadas de música erudita, sobretudo na capital paulista, como não acontecia desde as primeiras décadas do século passado. Logo, renasceu todo um mercado e, por consequência, publicações frutificaram. Além dos produtos VivaMúsica!, de Heloisa Fischer, que evoluem ano a ano, assistimos, neste momento, a mais uma salto da revista Concerto, em direção ao um novo patamar de consolidação.

A publicação dirigida por Nelson Kunze, que tinha circulação restrita, mais para assinantes, doravante passa a figurar em bancas de jornal e adota um formato maior, a exemplo de outras publicações culturais, como a Bravo!. Em termos de conteúdo, a Concerto ainda conta com o reforço de material, inédito, oriundo da célebre revista Gramophone.

Neste primeiro exemplar, da nova fase, os destaques são: um ensaio de Camila Frésca, revelando a importância de Mário de Andrade na produção de Heitor Villa-Lobos; uma biografia de Schubert, pelas mãos de Lauro Machado Coelho, inaugurando a seção “Vidas Musicais”; um perfil de Antonio Meneses, violoncelista brasileiro mundialmente reconhecido, por Leonardo Martinelli; um “diário” de Marc-André Hamelin, sempre descobrindo novas partituras para piano (em tradução de Irineu Franco Perpetuo); e um depoimento do arquiteto Ricardo Ohtake (irmão de Ruy), sobre sua formação musical. A Concerto continua com suas notícias; com a coluna “Atrás da Pauta”, do maestro Júlio Medaglia; com entrevistas, como a atualmente concedida pelo compositor João Guilherme Ripper; com colaborações do crítico João Marcos Coelho; com o roteiro musical e seus destaques; e com dicas de livros, CDs e DVDs (no final). Se o crítico britânico Norman Lebrecht atesta sistematicamente a decadência da cena de música erudita em países desenvolvidos, no Brasil, no entanto, vivemos um renascimento, que inclusive sobrevive a crises, e que deve ser justamente celebrado, como neste upgrade da Concerto.” JULIO DAIO BORGES (Digestivo Cultural)

Revista Concerto (aqui)

ao topo