REVOADA

eu ví
uma revoada
de poemas
se assentando
nos gravetos cinzas
de um sertão
de caicó
falava pataxó
potyguar
fez postura
comeu no bico
criou asa
e avuou

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo