riso morto

na
intermitência
desse
rio
seco
que
me
assusta
afogo-me
na
deságua
de
uma
ambígua
afluência
de
pontos
discordantes
e
frequentes

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo