Romance entre o arcaico e o moderno

Grande Sertão: Veredas (1956) tornou-se clássico ao recriar o mito do homem que enfrenta um labirinto invisível.

aqui

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo