roteiro para intoxicação

tenho um coração lascado a krokodil,
e olhos metanfetaminados –
cortando avenidasveias
insone afogado no clarão sonolento das luas.

meu corpo é só putrefação e ecstasy –
pústula prostrada na catapora da noite
sobejam-me cânceres profundos

e só a cocaína me abraça

um pico de heroína para largar a metadona,
dose overcavalar de calma –
a fuga intravenosa enquanto a primeirúltima música

a desmesura carcomeu meus órgãos
agora sinto que desnasço
anticadáver, bola de fogo
abissal e insurgentemente

Comentários

Há 14 comentários para esta postagem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × 1 =

ao topo