Rua

Rua

00:00h, rua calada,
Casas quietas,
Janelas (como olhos defuntos)
Cerradas,
Portas mudas,
Asfalto molhado
Pela chuva fina.
Quietude imposta
Pelo cansaço…
Do corpo…
Rua estática,
Sem vida.
Postes a iluminar
O espaço vazio.
A eloqüência do silêncio
Nos sons das coisas
Que repousam…

(Danclads Lins de Andrade).

Brasileiro, nordestino, alagoano, advogado, cidadão comum, simples habitante deste planeta decadente... Rs... [ Ver todos os artigos ]

Comentários

Há 2 comentários para esta postagem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo