Sagrado chão

Há um pouco de sagrado
No solo que nos fez gente.

Há um pouco de sagrado
Nesse chão que me fez crente.

Há um pouco de sagrado
Na terra que me fez lente.

(…)

Há muito, muito de sagrado
No torrão que nos fez irmãos.

*******

clauderarcanjo@gmail.com

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × quatro =

ao topo