Sai Brouhaha, entre Ginga

E por falar em revista a da Capitania das Artes, a Brouhaha, voltará a circular em novembro, tudo indica que no decorrer do Encontro Natalense de Escritores, com um novo nome. Vai se chamar “Ginga”, que além do significado já conhecido (“Movimentos contorcidos e meio desordenados, típicos dos malandros; ação de gingar”), tem um bem local (pequeno peixe, tipo piaba, geralmente servido com tapioca). A editoria está com o jornalista Sérgio Vilar e a primeira entrevista da nova revista é com o escritor François Silvestre. A proposta visual, segundo Vilar, continua a mesma. Já na parte editorial haverá mudanças.

ao topo